Prorrogação e trancamento

Prorrogação:

O aluno que não conseguir concluir seu trabalho dentro do prazo regulamentar, poderá pedir ao Colegiado a prorrogação do prazo de defesa. Durante a prorrogação o aluno não terá direito a recebimento de bolsa de estudos.

Para pedir prorrogação, encaminhar à Secretaria Integrada o seguinte formulário, devidamente preenchido e assinado pelo orientador e pelo aluno.

Cabe ao Colegiado avaliar o pedido e deferir ou não, de acordo com a justificativa apresentada.

Trancamento: 

O aluno de curso de Pós-Graduação poderá, mediante formulário, com a concordância do orientador e a critério do Colegiado Delegado do curso, trancar matrícula por, no máximo, doze meses, por períodos nunca inferiores a um período letivo, não computados para efeito do tempo máximo de integralização do Curso e sem recebimento de bolsa de estudos.

Não será permitido o trancamento da matrícula no primeiro e no último período letivo, nem em períodos de prorrogação de prazo para conclusão do curso.

Durante a vigência do trancamento de matrícula, o aluno não poderá cursar nenhuma disciplina de Pós-Graduação na Universidade, efetuar exame de qualificação ou defender dissertação ou tese.

INGRESSO ATÉ 2014 INGRESSO A PARTIR DE 2015
MESTRADO Poderá prorrogar por 12 meses e trancar por mais 12 meses. O período de prorrogação e trancamento não poderá ultrapassar 12 meses.
DOUTORADO Poderá prorrogar por 12 meses e trancar por mais 12 meses. Poderá prorrogar por 12 meses e trancar por mais 12 meses.